sexta-feira, 10 de julho de 2015

Síndrome do Ovário Policístíco: Como assim?


  Oi, gente! Tudo bem com vocês? No último post, ou melhor, na última TAG, comentei com vocês sobre meu problema com ovário policístico. 
  Acho muito importante divulgar esse assunto por que eu descobri por acaso, pelo fato de o médico que eu frequentei ser realmente muito bom, porque não era nem a área dele. Mas isso não vem ao caso. Ter cistos nos ovários acontece com muitas mulheres, e principalmente quando acontece na adolescência, pode prejudicar e muito a vida da mulher adulta. Vamos conhecer mais sobre o assunto?



Primeiramente, O QUE É?

  A síndrome do ovário policístico (SOP) é um problema na ovulação da mulher por conta de distúrbio hormonal, que leva à formação de cistos. Para quem não sabe, é normal a mulher apresentar cistos no período de ovulação, mas depois eles desaparecem. Em quem tem SOP, os cistos permanecem e causam alteração na estrutura do ovário, podendo fazer com que ele aumente de tamanho e correndo risco de envolvê-lo por completo.


SINTOMAS: O QUE EU SENTI?

  Como já citado, procurei um médico por excesso de acnes, em primeiro lugar. Meu corpo nunca apresentou muitas espinhas, e minha pele nunca foi muito oleosa, só apresentava a oleosidade normal. Até que comecei a ter muitas espinhas principalmente na região do peito e das costas. Até que, depois de uns dois meses, as acnes começaram a apresentar um formato estranho, eram secas quando espremidas. Foi aí que minha mãe marcou uma consulta em um alergista, por achar que era algum tipo de alergia.
  O médico me deu duas hipóteses, e uma delas era a SOP. Depois de usar cremes e pomadas, fiz um ultrassom e foi aí que ele me mandou correr para um ginecologista, pois meus ovários estavam três vezes maiores que o normal.

AO QUE FICAR ATENTO?

  Desde a minha primeira menstruação, eu nunca tinha dia certo para menstruar. Vinha um mês, parava dois, as vezes três, e assim por diante. Achei que era normal pela idade e por ser as primeiras e tal. Mas um dos sintomas da SOP é a menstruação desregular. Meu cabelo até hoje cai por causa disso, a queda de cabelo é muito comum. Portadoras de SOP podem apresentar também excesso de peso e dificuldade para engravidar. Atenção. Se você é adolescente e não tratar a SOP, pode não conseguir engravidar no futuro, porque os cistos cobrem o ovário, impossibilitando-o de soltar o óvulo.

DIAGNÓSTICO 

  Ao sentir esses sintomas um ginecologista deve ser procurado imediatamente. Com certeza ele procederá com um pedido de ultrassom pélvico. Porém, esse não é o método mais confiável. Com a apresentação de cistos, haverá pedidos de outros exames como dosagem dos hormônios FSH, LH, Estradiol, TSH, S-DHE, Testosterona total, 17-OH progesterona, Curva de insulina associada à curva de glicemia, entre outros.


  • TRATAMENTO

  Na maioria das vezes o tratamento é feito com anticoncepcional, para regular o ciclo menstrual e equilibrar os hormônios do corpo. Existem outros medicamentos, mas todos estão relacionados ao uso do anticoncepcional mesmo. Para quem já toma a pílula, provavelmente o médico irá trocá-la, porque essa não está fazendo efeito.

  É isso, espero ter ajudado alguém, e fiquem atentas aos sintomas, SOP é muito importante e perigosa! 
                                                                                                             Mil beijos, Vitória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário