quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Primeira carteira de trabalho.


  Olá meus amados, tudo bem? Como sabem que eu gosto MUITO de compartilhar as coisas que acontecem comigo aqui no blog, lá vai uma novidade: EU FIZ MINHA PRIMEIRA CARTEIRA DE TRABALHO. Estou muito feliz porque pra mim é um passo bem grande, e vou explicar nesse post por quê eu fiz e quais foram os passos que segui. Vamos lá?




   Então, eu decidi fazer minha carteira de trabalho quando as coisas "apertaram" um pouco no financeiro aqui de casa. Na verdade sempre tive tudo que eu quis, mas chegou um certo momento em que eu desejei ter um pouco de independência financeira. Poder ter meu dinheirinho (pra chamar de meu mesmo!), comprar alguma roupa legal que vi na vitrine, ou aquele produto de maquiagem que lançou, sem ter que dar satisfação do tipo "Ah mãe, é pra usar em tal lugar..." começou a tomar conta dos meus planos.
   Contra a opinião de alguns membros da minha família (que defendem a ideia de que eu só precisaria estudar e pronto) procurei algumas informações na internet e encontrei o CIEE, que é uma empresa especializada em disponibilizar estágios e trabalho para aprendiz. Para quem não sabe, aprendiz são aqueles adolescentes menores de 16 anos que desejam trabalhar. Funciona assim: você preenche uma ficha e, quando alguma vaga estiver disponível na cidade em que escolheu, eles te avisam. 
   Para isso, era melhor que eu tivesse uma carteira de trabalho, então fui logo fazer a minha. Para você que ainda não tem, é fácil: Você só tem que ir até o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), com um comprovante de residência, RG e CPF. A foto 3x4 é tirada na hora, então você não precisa levar. Fica pronta em duas semanas ou menos. 
   
   Para mim ter independência financeira é me sentir mais parte da sociedade e não tão dependente, então pra você que também se sente assim, vale a pena procurar um emprego. Lembrando que os turnos são correspondentes ao período em que você não está na escola, e os salários vão de 300 a 600 reais. Além disso algumas empresas pagam FGTS, e temos direito a férias, correspondentes às escolares.
   Espero ter ajudado com alguma informação, mil beijoss!!! 
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário