sábado, 2 de janeiro de 2016

Resenha: Minha vida fora de série 1ª temporada.


   Feliz ano novo!!! ÊÊÊ! E eu começo o ano com um assunto que eu adoro: LIVROS! Semana retrasada saiu uma resenha, e hoje está saindo outra, e a lista de livros para serem resenhados vai só diminuindo! Como foram de ano novo? Minhas festas foram boas, mas agora bora pra esse post que tá super legal.

   Eu disse no último vídeo que ganhei Minha Vida Fora de Série 1ª temporada de aniversário, de uma tia minha, mas só fui ler agora no fim do ano. Até então eu tinha lido apenas um livro da Paula Pimenta, que se chama "Princesa Adormecida", e achei que a leitura foi legal, rápida e interessante. Com o primeiro livro dessa série também não foi diferente, eu me surpreendi de como eu li rápido e me apaixonei por ele quase que sem perceber.




EDITORA: Gutenberg
ESCRITORA: Paula Pimenta
LANÇAMENTO: 2011

SINOPSE: Mudar de cidade é sempre difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia , mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar? Aos poucos, Priscila percebe que o que importa não é o lugar, e sim as pessoas que vivem nele. E que, além da nova cidade, há algo mais importante para se conhecer: ela mesma.

   Uma das coisas mais interessantes nesse livro é que a sinopse dele é por dentro, na aba, e não tem nada atrás além da opinião de leitores sobre o livro. Então se você ainda não conhece a história,tem que comprar o livro pela capa, literalmente.
   Não tenho o que dizer  sobre a escrita da Paula Pimenta. É indescritível como parece que estou em casa aconchegada lendo as histórias dela, sempre naquele bom humor e simpatia. Os personagens são bem construídos e cada um deles é apresentado com maestria, dando ao livro não um ar cansativo, mas um ar fluído e leve.

















   O livro me encantou tanto que não consegui achar um ponto negativo. Eu sou muito aquele tipo "menininha", então é claro que a história da Pri caiu muito bem pra mim, e pode ser porque eu me envolvi tanto com o enredo que não reparei nos pontos negativos.
   A diagramação é corretíssima, nenhum erro de impressão. As folhas são impecáveis, aquele tom amareladinho e o cheiro de coisa nova que sempre amo nas páginas da Gutenberg. É claro que o charme de cada e-mail, mensagem de celular e carta, é música para os olhos de quem está super gostando da história.








    A CAPA: Eu adoro esse verdinho da capa então sem comentários para essa parte. É perfeito como aborda a personagem principal e seu cachorro, o lugar, as flores, tudo é muito bonitinho do jeito que a Priscila é. E as bolhas que vão aumentando conforme vai chegando na parte de trás (as quais contém os comentários), são perfeitamente sincronizadas com a adolescência, essa fase, essa leveza. Só sei dizer que amei, simplesmente linda, sem comentários para toda essa fofura.


   Então é isso gente, a resenha foi breve mas não achei mesmo algo do que falar no livro, a não ser que ele é lindo e perfeito e que a escrita da Paula é incrível! Espero de coração que tenham gostado, fiz com muito carinho esse primeiro post de muitos que ainda virão nesse ano de 2016! Um beijo grande!





Nenhum comentário:

Postar um comentário