domingo, 20 de março de 2016

Resenha: A menina que colecionava borboletas


   Olá flores do meu jardim, tudo bem com vocês? Bem vindos a mais um post aqui do blog! Hoje vim resenhar para vocês um livro que eu gostei muito de ler, que se chama A menina que colecionava borboletas, da linda Bruna Vieira. Vamos lá?


   Vou começar dizendo que foi meu primeiro livro de crônicas, e que no início eu não estava nem um pouco animada para esse livro. Mas depois que comecei a ler tudo nele me encantou. A Bruna tem um jeito só dela de escrever, e achei interessante que em algumas crônicas ela meio que aparece falando com alguém.
   Além disso, todas as histórias são realmente cotidianas e de cunho adolescente, sendo que a Bruna escreve para esse tipo de público. A começar pelos títulos, que são totalmente divertidos e escritos em fontes diferentes.


   Ele é escrito em norma padrão, porém ela usa algumas gírias adolescentes, que me encantou e me fez ir até o final do livro. Cada crônica é mais ou menos de uma página, duas, e isso torna o livro menos cansativo, então, ponto para você, Bruna. Além disso a diagramação corretíssima e sem nenhum erro deixa o perfil do livro mais bonito.
   Se eu tenho do que reclamar? Tenho. Apesar de as crônicas serem leves e até divertidas, elas se tratam praticamente sobre o mesmo assunto sentimentalista. Parece que foram escritas num mesmo momento, e declamam medo e insegurança. Isso não atrapalhou a desenvoltura do texto em si, que a Bruna aborda de várias maneiras diferentes.

 

   A CAPA: Achei a capa simples e ao mesmo tempo cheia de detalhes, representando o que a Bruna realmente é. Crônicas não passam de histórias corriqueiras dos autores, e nada melhor que representar o livro com uma forma totalmente dela de ser. O batom vermelho e o delineado marcado são suas marcas registradas, e as borboletas no cabelo deram um toque todo delicado à capa.
   Além disso acho que a capa inteira ser os cabelos dela tem tudo a ver, até porque quem conhece a Bruna sabe que os cabelos dela são enormes e de dar inveja em qualquer uma. Sem palavras também para o título, mais uma vez misturando fontes e criando uma cara totalmente nova. 

Editora Gutenberg
Autora: Bruna Vieira
Páginas: 151


   Comentem aqui em baixo o que acharam desse livro maravilhoso! Nunca li os outros livros da Bruna, mas quero ler com certeza depois dessa bela experiência.


Nenhum comentário:

Postar um comentário